A cobertura do maior atentado terrorista dos Estados Unidos, o 11 de setembro, promoveu uma verdadeira lenda televisiva e deixou os telespectadores com uma dúvida. O que estava acontecendo com as torres gêmeas do World Trade Center?

Carlos Nascimento entrou com um plantão, que durou cerca de quatro a cinco minutos, às 09h45 e depois voltou com à programação normal.

Portanto cai por terra que a emissora estaria exibido um episódio de “Dragon Ball Z”, onde o protagonista Goku atingia o estágio mais alto e transformação de Super Sayajin, o nível 3 – um dos episódios mais esperados da série.

Pela programação divulgada pela TV Globo, o programa “Bambuluá com Angélica” começou às 09h30, logo após o “Mais Você”. Na época, a “TV Globinho” era apenas um quadro dentro do programa, e a ir ao ar por volta das 10h30, com desenhos menores, com o “Bambuluá” ficando com os blockbusters. Normalmente, a atração começava com esquetes próprias, como os heróis “Cavaleiros do Futuro”, a partir das 09h45.

Perto das 10h, antes do segundo avião se chocar, toda a programação foi interrompida, e o “Bambuluá” foi cancelado – conseguintemente a “TV Globinho” também.

”Dragon Ball Z” era exibido por volta das 11h30, logo após “Digimon 2” e “Power Rangers na Galáxia Perdida”, que também haviam estreado em julho, como pacote de estreia para as férias escolares no “Bambuluá”. Portanto, Goku nem sequer foi exibido naquela dia fatídico.

Guilherme Beraldo
Jornalista, crítico de TV e ator. Já participei dos seguintes programas: A Tarde é Sua e Manhã Maior na RedeTV, na Gazeta do "Mulheres", Versátil e Atual e Conexão com Zé Américo na CNT. Apaixonado por programas de auditório e musicais.