Bruno Gagliasso chora ao falar de racismo contra a filha: ‘É agressivo, machuca’


Os atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank se emocionaram ao falar sobre os recentes ataques racistas sofridos pela filha Titi durante entrevista ao programa “Fantástico”, exibido neste domingo (3).

A reportagem abordou o racismo no Brasil e convidou pessoas negras para falarem sobre sofrer preconceito diariamente.

“Eu não tinha ideia. É obvio que a gente sempre soube, mas viver isso de perto e dentro de casa é muito forte. É agressivo, machuca e a gente só sente isso quando está dentro da nossa casa”, disse Gagliasso.

“Acho que a gente estava despreparado para o que vinha e a gente se sente meio correndo contra o tempo para conseguir as ferramentas necessárias para criar a nossa filha negra em um país racista”, afirmou Giovanna.

“A primeira vez foi uma menor de idade, a segunda vez foi um cara que está acostumado a fazer isso com várias pessoas e agora uma mulher que se filmou falando essas coisas da minha filha. Eu nunca de fato vou sentir na pele o que é o racismo, mas minha filha é negra né?”, disse o ator, emocionado.

Titi, de 4 anos, sofreu ataques racistas promovidos por Day McCarthy, cujo nome verdadeiro é Dayane Alcantara Couto de Andrade, que publicou um vídeo em que afirma que as mesmas pessoas que a criticam pela sua aparência (por não ter olhos azuis e nariz fino) vão ao Instagram de Gagliasso e Ewbank e elogiam a filha do casal.

Me siga no Twitter: @beraldotv  Me siga no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in