Confira a programação de filmes da TV Brasil, entre 31 e 04 de novembro. Destaque para o filme ‘“O Puritano da Rua Augusta”, no ”Festival Mazaroppi”.

Segunda-feira, 30 de outubro, às 23h.

“Los Hongos”

Calvin trabalha em construção e Ras estuda Belas Artes. Calvin é demitido por roubar latas de tinta e Ras se preocupa com sua avó moderninha. Os caminhos dos dois jovens são unidos pelos grafites que fazem por toda a cidade.

Junto com outros artistas do graffiti, eles preenchem as paredes de Cali, na Colômbia, enquanto a polícia os persegue e os DJs os apoiam.

Como todo “hongo” (fungo), os grafiteiros surgem em meio à decadência. São a sociedade colombiana que dialoga por meio da arte urbana.

Entre as conquistas de “Los Hongos” está o prêmio do Festival Internacional de Cinema de Cali, Colômbia: Melhor filme nacional; Festival de Cinema de Locarno, Suíça: Prêmio do Júri; Festival de Cinema de Roterdã, Holanda: Prêmio do Público Dioraphte Hubert Bals Fund; Festival Internacional de Cinema Paz com a Terra, Costa Rica: Melhor Direção, Melhor Edição, Melhor Atriz, Melhor Direção de Arte.

Quarta-feira, 1o de novembro, às 23h.

“As asas invisíveis do Padre Renzo”

Documentário retrata a conturbada vida de um missionário italiano, o Padre Renzo Rossi, incansável defensor da liberdade e dos direitos humanos. O Padre desempenhou um importante papel social ao abraçar a tarefa de ajudar presos políticos durante a ditadura militar no Brasil.

Dedicado a amparar os encarcerados e seus familiares, Padre Renzo conseguiu mitigar a dor e o sofrimento das vítimas de tortura e de separação daqueles que amavam.

A solidariedade do missionário italiano foi muito além. Padre Renzo internacionalizou a luta pela anistia, procurou por exilados políticos e dirigentes de partidos, movimentou a opinião pública da Europa e percorreu 22 cidades do velho continente, incentivando o fim da ditadura no Brasil, em favor de uma anistia ampla, geral e irrestrita.

Quarta-feira, 1o de novembro, à 0h30

“O Universo de Karin Lambrecht”

“O Universo de Karin Lambrecht” revê o processo criativo e a obra da pintora, desenhista, gravadora e escultora brasileira. No filme, as páginas que vão sendo escritas e a montagem de um trabalho em processo conduzem o espectador pelos temas, reflexões e poética da produção artística de Karin Lambrecht.

Vencedor do Prêmio Funarte 2014 e dirigido por Hopi Chapman, o documentário reúne depoimentos da artista, de amigos, críticos, colecionadores e curadores.

Quinta-feira, 2 de novembro, às 23h30.

“Travessia de Olhares”

“Travessia de Olhares” é um documentário sobre juventude e violência. Quatro jovens com diferentes experiências de vida (rico, pobre, negro, branco, imigrante, em conflito com a lei ou não) apresentam seu ponto de vista sobre criminalidade e responsabilidade, enquanto se discute a diminuição da maioridade penal no Brasil.

Sexta-feira, 3 de novembro, à 0h30.

“Princesas Rojas”

Claudia tem onze anos e sempre se considerou uma revolucionária. Quando sua família se muda da Nicarágua para a Costa Rica, no meio da Revolução Sandinista, a política acaba por ser um jogo não tão divertido.

Seus pais têm a tarefa de criar uma frente clandestina para apoiar a revolução. Enquanto Claudia troca os pins de Lenin por papéis perfumados Hello Kitty, sua mãe desaparece e seu pai sai em uma missão arriscada.

Dirigido por Laura Astorga., “Princesas Rojas” foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Costa Rica: Prêmio do Público; Festival Internacional do Novo Cinema Latino Americano de Havana, Cuba: Prêmio Sara Gómez, concedido pela Rede de cineastas cubanos; Festival de Cinema Latino-Americano e do Caribe de Margarita, Venezuela: Melhor Primeiro Filme; Festival Internacional de Cinema Icaro Guatemala: Melhor Direção, Melhor Roteiro; Festival Internacional de Cinema Latino de Los Angeles, EUA: Melhor filme inicial; Candidato à Academia de Cinema da Costa Rica para os Oscars.

Sábado, 4 de novembro, às 16h.

“O Puritano da Rua Augusta”

Punduroso (Amácio Mazzaropi) é um pai de família extremamente conservador. Ele deixa os filhos loucos com sua mania de manter a moral e os bons costumes sempre em primeiro lugar.

Após sofrer um ataque do coração, tudo muda. Punduroso passa a se comportar como um jovem outra vez: muda o cabelo, as roupas e até o gosto pela música.

Sábado, 4 de novembro, às 23h.

“Meu Japão Brasileiro”

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Mazzaropi é um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do Sr. Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.

Após muito penar em suas mãos, Fofuca articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Mas Leão e seus filhos não veem com bons olhos essa iniciativa e vão fazer de tudo para impedir que Fofuca e seus amigos se deem bem nesse Japão brasileiro.

Sábado, 4 de novembro, à 1h.

“O Encouraçado Potemkin”

Em 1905, a tripulação do encouraçado Potemkin se amotina contra o regime tirânico e brutal dos oficiais da embarcação. As manifestações populares que resultam disso, na cidade de Odessa (Ucrânia), fazem com que polícia e civis entrem em choque. O evento ficaria conhecido como “A Revolta de 1905” ou “Domingo Sangrento”, considerado um “ensaio” da revolução de 1917.

Entre as memoráveis cenas de “O Encouraçado Potemkin” está a da escadaria de Odessa. No embate entre o exército czarista e os populares, um massacre acontece nos degraus de entrada da cidade ucraniana. Soldados atiram em civis impiedosamente. Alvejada, uma mãe deixa o carrinho de bebê descer escada abaixo. A cada degrau, Eisenstein mostra detalhes de pessoas sendo atingidas e caindo ao chão, aumentando a sensação de suspense e tornando a cena uma das mais famosas na história do cinema.

Me siga no Twitter: @beraldotv  Me siga no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui

Guilherme Beraldo
Jornalista, crítico de TV e ator. Já participei dos seguintes programas: A Tarde é Sua e Manhã Maior na RedeTV, na Gazeta do "Mulheres", Versátil e Atual e Conexão com Zé Américo na CNT. Apaixonado por programas de auditório e musicais.