A direção da TV Gazeta sabia da saída da apresentadora Catia Fonseca desde o final de outubro. Partiu dela, comunicar a superintendente artística da casa, Marinês Rodrigues e os demais membros do conselho da Fundação Cásper Líbero, que mantém à TV.

A Gazeta sabendo da saída da apresentadora, atendendo um pedido da direção do Mulheres, contratou a apresentadora Regina Volpato para cobrir as férias dela.

A princípio, Cátia saia de férias e não voltaria mais ao ar. Porém, os planos foram por água abaixo quando o jornalista Flávio Ricco, do UOL, adiantou a informação em primeira mão a contratação.

Vários profissionais da imprensa sabia. Perdeu quem guardou a informação.

A direção da Bandeirantes desde meados da segunda quinzena de outubro, sondou diversas agências de publicidades para atrair anunciantes para o novo programa.

Cátia Fonseca tem um poder de merchandising extremamente alto. O que interessa para qualquer emissora.

Leia também:

Rodrigo Riccó, marido da apresentadora, um profissional ímpar com uma carreira sem manchas na história da televisão brasileira não agiu como ”vingança” contra a TV Gazeta, como um especifico jornalista publicou. Quem conhece a sua índole sabe de que ele não seria capaz disso. Acompanhar a sua esposa em um projeto faz parte de um processo natural. Ele é diretor e dos melhores sem dúvida.

A Gazeta pediu a Catia para gravar um vídeo desmentindo os boatos para tranquilizar e tentar ganhar tempo com o mercado publicitário. Talvez o único erro feito por ela e pela emissora.

Catia não foi ”sonsa”, ”falsa”, ”traíra” como todo mundo está pintando por aí. Ela foi honesta em dizer que precisava de novos desafios.

Passado toda a novela, a falação e principalmente a maldade de alguns veículos o tempo sempre é o senhor da razão. A Gazeta vai conseguir uma substituta para o posto e a Catia vai seguir sua vida normalmente na Band. Sucesso para ambos.

Me siga no Twitter: @beraldotv  Me siga no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui

Guilherme Beraldo
Jornalista, crítico de TV e ator. Já participei dos seguintes programas: A Tarde é Sua e Manhã Maior na RedeTV, na Gazeta do "Mulheres", Versátil e Atual e Conexão com Zé Américo na CNT. Apaixonado por programas de auditório e musicais.