A apresentadora Márcia Goldschmidt vai voltar à TV Aberta em 2018.

De volta, ela negocia com duas emissoras de TV: Record TV e a própria Band, casa que ficou por 9 anos.

Com a saída do Pânico, o canal do Saad vai deixar uma lacuna na grade dominical, o que aumentou rumores da volta da apresentadora à emissora. Quando apresentou o ”Jogo da Vida”, nas tardes de domingo, chegou a atingir 13 pontos de pico enfrentando o Faustão e o Gugu.

Leia mais:

Márcia começou sua carreira em 1995, foi convidada para apresentar um programa na extinta Rede Mulher (hoje Record News) também intitulado Happy End. Em 1997, dois anos depois foi selecionada pelo SBT para comandar o Márcia. Que na época registrava 20 pontos de média para a emissora de Silvio Santos.

Com o fim do programa, começou a apresentar os programas: o Programa Livre e o Fantasia até se mudar para a TV Gazeta em 2000, onde comandou juntamente com Leão Lobo, programa feminino Mulheres.  Em 2001 se transferiu para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Hora da Verdade e o Jogo da Vida nas tardes da emissora. 

Depois de um ano e meio fora do ar, afastada da televisão e morando em Miami voltou à programação da Band no dia 11 de junho de 2007. Após 3 anos e meio no ar, em dezembro de 2010 o programa Márcia encerrou-se, por baixa audiência.

Nesta terça-feira, 24, Márcia Goldschmidt foi entrevistada pelo Reinaldo Gottino e Fábiola Reipert no ”Balanço Geral’‘. A Record TV vai relançar um programa vespertino e o nome da Márcia seria interessante para disputar a audiência.

Siga no Twitter  @beraldotv   no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui

 

Guilherme Beraldo
Jornalista, crítico de TV e ator. Já participei dos seguintes programas: A Tarde é Sua e Manhã Maior na RedeTV, na Gazeta do "Mulheres", Versátil e Atual e Conexão com Zé Américo na CNT. Apaixonado por programas de auditório e musicais.