O apresentador Carlos Massa, o Ratinho, perdeu uma grande oportunidade de ficar calado, ao usar suas redes sociais para fazer um vídeo criticando as novelas e séries da TV Globo, o termo ”exagero de viado” foi preconceituoso e homofóbico. 

“Eu estava vendo a novela aqui da Globo, um negócio de cangaceiro e tal, porque temos que ver quem está concorrendo com a gente e tal. Mas Globo, vocês colocaram viado até em filme de cangaceiro, gente!”, disse Ratinho.

“Naquele tempo não tinha viado não. Ou tinha viado naquele tempo? É sério. É viado as 6 da tarde, é viado nas 8 da noite, é viado as 10 da noite. É muito viado. Eu não sei o que tá acontecendo…”, completou.

Ao emitir sua opinião, o apresentador abriu leques para as discussões em redes sociais e é claro, que foi massacrado por críticas pesadas. Afinal de contas, Ratinho é homofóbico?.

Não creio que ele é homofóbico porque no seu próprio programa ele abre espaços para trans, drag queen, e homossexuais.

Agora é triste ver um comunicador falar termos tão chulos e baixos.

Terminamos 2018 discutindo o preconceito e começamos 2018 voltando ao mesmo tema.

Me siga no Twitter: @beraldotv  Me siga no Instagram: @beraldotv  Curta uma página do Portal do Beraldo no Facebook, clique aqui

Guilherme Beraldo
Jornalista, crítico de TV e ator. Já participei dos seguintes programas: A Tarde é Sua e Manhã Maior na RedeTV, na Gazeta do "Mulheres", Versátil e Atual e Conexão com Zé Américo na CNT. Apaixonado por programas de auditório e musicais.