Depois de dias de polêmica em torno de “Surubinha de Leve”, a plataforma Spotify decidiu excluir a música de Mc Diguinho de seu catálogo digital. O funkeiro é acusado de fazer apologia ao estupro na letra da música, que traz versos como “taca bebida, depois taca a pica e abandona na rua”. Apesar da controvérsia e da alta rejeição, ela também desfruta de alta popularidade: esteve no topo da lista Viral 50 do Brasil nos últimos dias e também figurava na lista de virais globais da plataforma.

Por meio de nota oficial, o Spotify informa: “O catálogo do Spotify é abastecido por centenas de milhares de gravadoras, artistas e distribuidoras em todo o mundo. Eles são devidamente avisados sobre nossas diretrizes e são responsáveis pelo conteúdo que entregam. Desta forma, informamos que contatamos a distribuidora da música “Só surubinha de leve” a respeito do ocorrido, e fomos informados que a faixa será retirada da plataforma nas próximas horas, uma vez que o tema foi trazido à nossa atenção”.

No Youtube, a faixa acumula 14,5 milhões de acessos desde sua postagem em 14 de dezembro. Apesar de muitas críticas, Mc Diguinho também recebeu apoio de algumas pessoas. Ludmilla, por exemplo, fez um tweet com o refrão da música. A polêmica promete esquentar ainda mais, porque o clipe sai nesta quarta (17).